Isabella Nardoni suicidou !

A Polícia Civil de São Paulo deveria investigar todas as possibilidades possíveis, mas em nenhum momento investigou a possibilidade da menina Isabella Nardoni ter suicidado.  Como ? Da seguinte forma.

Poderia uma criança de 6 anos, acordar as 23h e pouco, sozinha, no escuro, ter tido pesadelos e entrar em pânico ? Porque não, se acontece com adultos ?

Ela poderia perfeitamente ter acordado e eu pânico e sonolenta (já que acabara de acordar) e como estava escuro, bater a cabeça em algo (ou na parede, moveis, etc.) e aí, ter pegado uma faca ou tesoura, aberto o buraco na tela do quarto dos irmãos e simplesmente pulado, em crise.

Sei que é uma hipótese, mas precisaria ter sido investigado essa possibilidade.

Será que a investigação policial está no caminho certo ? Aparecem indícios de montagens de provas.

Juristas, advogados e peritos têm dados declarações e desmentido a policia, reprovando divulgações, fatos e forma errada como está sendo conduzida a investigação, por parte da policia civil, e do promotor Francisco Cembranelli, envolvidos no caso.

Só fico imaginando ser for comprovado que o casal Nardoni não tem envolvimento com a morte de Isabella Nardoni, como já aconteceu com os proprietários da escola Base, condenados e marcados para sempre. Além de muitos outros.

Caso : Escola Base (só para ajudar a lembrar do caso)

Mães e ex-proprietária de escola podem fazer acordo

Depois de quase 11 anos, a professora Paula Alvarenga, uma das ex-proprietárias da Escola Base, tenta conquistar na Justiça o direito a uma indenização. Nesta terça-feira (22/3), a partir das 15h30, a 28ª Vara Cível Central fará audiência de conciliação entre Paula Alvarenga, a comerciante Cléa Parente de Carvalho e a contadora Lúcia Eiko Tanoue Chang.

As duas rés são mães de alunos que estudavam na escola e, em 29 de março de 1994, acusaram os donos do local, professores e pais de um aluno de abusar sexualmente de seus filhos. O episódio ganhou as manchetes dos jornais e ficou conhecido como ‘Caso Escola Base’. A escola foi depredada e fechada.

Em dez dias, o delegado que apurava o caso prendeu os pais de um aluno e indiciou as duas donas da escola — entre elas Paula Alvarenga — e seus maridos. Diante da fragilidade das provas, a Justiça mandou outro delegado assumir o inquérito. As novas investigações provaram que o caso não passou de uma série de erros das mães, do delegado e da imprensa.

Depois de absolvidos, os acusados — com exceção de Paula Alvarenga — ingressaram com ação de indenização contra o estado de São Paulo. Em primeira instância, a Justiça fixou a indenização em R$ 20 mil. O Tribunal de Justiça de São Paulo reformulou a indenização para R$ 100 mil e o limite de R$ de 10 mil para ressarcimento por parte do delegado. O STJ aumentou o valor para R$ 250 mil.

Em 14 de dezembro de 1999, o então governador Mario Covas editou o Decreto nº 44.536, que autorizou o pagamento de indenização das vítimas da Escola Base. A Procuradoria-Geral do Estado fixou o valor por danos morais em 300 salários mínimos e os danos materiais seriam apurados depois.

Paula Alvarenga perdeu o prazo para mover a ação contra o estado. As acusações contra a professora foram feitas em 1994 e ela somente apresentou o pedido administrativo em dezembro de 1999, cinco anos e nove meses depois dos fatos. A legislação prevê que os pedidos de indenização contra o estado têm de ser feitos em até cinco anos. Ou seja, ocorreu a prescrição (perda do direito de ação).

Ela entrou, em agosto de 2001, com ação de indenização por danos morais contra as duas mães. O pedido é embasado em inquérito policial aberto no 6º Distrito Policial (Cambuci) para apuração de eventual crime de denunciação caluniosa. A audiência desta terça-feira será presidida pelo juiz Roberto Murillo Pereira Cimino.

Culpa é jogada em cima de delegado

Os advogados das mães isentam suas clientes do escândalo e apontam o estado como principal responsável — na pessoa do delegado — por ter divulgado antecipadamente e com segurança a materialidade de um delito sem ter concretamente efetivado a apuração.

A defesa da comerciante Cléa Parente de Carvalho alega que sua cliente não possui capacidade financeira para arcar com as despesas do pleito indenizatório porque está desempregada.

O advogado da contadora Lúcia Eiko afirma que ela em nada contribuiu para os eventos ocorridos e que apenas, na condição de mãe, requereu a apuração de eventual abuso sexual de seu filho.

‘Indubitavelmente, se houve precipitação na divulgação as informações prestadas pela ré, em sede de inquérito policial, a responsabilidade não pode ser imputada a ela, mas sim a quem tinha o dever de guardar segredo até a conclusão final das investigações”, aponta o advogado Orlando Gasparin Christianini, defensor de Lúcia Eiko.

Fonte :  Consultor Jurídico (para o Caso Escola Base)

Fernand Koda

8 Comentários

Arquivado em Polícia

8 Respostas para “Isabella Nardoni suicidou !

  1. Mila

    Olha eu axo q vc é louco ou tem algum problema.Por que como uma menina de 5 anos poderia ter se asfiquiciado e cortado um rede de proteção com uma faca ou uma tesoura sozinha?
    Pensa um pouco meu bem acorda pra vida não tem nenhuma hipótesi dessa menina ter se suicidado , como ela poderia ela propria se esganar?
    Nossa como tem gente ignorante nesse mundo!

  2. Mila…..é apenas uma hipótese levantada. Você tem certeza de como o fato aconteceu ?

    F. K.

  3. Fernand,

    Concordo contigo que temos de explorar todas as possibilidades. Essa é uma regra de ouro para um bom cético.

    Mas pense bem: os peritos constataram que Isabella foi estrangulada. Isso não torna inviável toda a sua argumentação???

  4. Amigo Phillmelon;

    Você acredita em tudo que lê ? Você acredita da supra capacidade de nossa polícia técnica, que paga mau e tem equipamentos obsoletos ? Você acha que a policial tem condições exatas, conclusivas e acima de questionamentos sobre o fato do estrangulamento ?

    E se essas tais marcas foram provocadas na queda ?

    Algo tipo um pescoço quebrado.

    O que você me diz ? Pense bem.

    Obrigado pela sua visita. Volte sempre.

    Fernand Koda

  5. Com todo respeito a essa sua teoria da conspiração…
    Mas o fato é que aquele casal de loucos, podem ter tirado a vida de sua própria filha.
    Disse pode, não estava lá na cena, mas tudo leva a isso.
    Estamos rodeados de seres insanos, pais que matam filho, pais que mantém a filha em cativeiro mantendo relações entre outras barbaries…
    Será isso o fim, ou apenas o começo do fim…

  6. >
    Fernando;

    Pois é, também fico preocupado, onde as coisas vão parar, cada dia que passa, surgem situações incrivelmente mais terrives.

    O caso do Austriaco que prender a familia e estrupou a filha por 24 anos é mais pior do que os casos Nardoni.

    É quase uma competição de horror. Fatos lamentáveis. Mundo em que vivemos.

    Fernand Koda

  7. katia

    aki vc e um loko..vai arruma alguma coisa pra fazer…uma criança nunk faria isso…imaginamos q ela se suicido entaum…como ia aparece aqle sangue no carro…ela naum dava altura na janela..uma criança naum tem uma mente dessas..naum elas sao pura..isso naum existe…vc e parente dos nardoni..so pode..neh?pra defender eles assim..chegando e flar essas bobagens..cuida da sua vidaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa…………concordo q temos ver todas essas possibilidades..mais essa de suicidio..e lokura..acho q o loko aki e vc…pq num se joga do 410 andar em….vai ver se to na esquina..descupa a grosseria mas essa foi de mais pra min..aff

  8. vania lugon

    VC DEVE SER RETARDADO,DEMENTE,COMO QUE UMA CRIANÇA DE 5 ANOS,IRIA CORTAR UMA REDE DE PROTEÇÃO,E SE JOGAR LÁ DE CIMA,POR FAVOR NÉ,ISSO QUE VC ESCREVEU É SURREAL,INDEPENDENTE DE TUDO ISSO LEMBRE-SE QUE TEM UMA MÃE,LINDA E JOVEM SOFRENDO MUITO PELA MALDADE E BRUTALIDADE COMO O QUE FIZERAM COM UMA CRIANÇA TÃO LINDA.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s